Sei que a maioria das pessoas adoraria poder trabalhar a partir de casa. Há uma ideia de que não temos que andar a correr, que podemos fazer o que bem nos apetece e que nos dá uma liberdade maravilhosa… sim, é meio verdade mas, há também que ter algumas regras e nunca perder a noção que é na mesma trabalho e que a intenção é que nos traga rendimento no final do mês. Temos tendência a pensar que, já que estamos em casa, aproveitamos para lavar a louça do pequeno almoço que ficou na bancada da cozinha, para lavar e estender roupa nos dias de sol, para vermos num instante as redes sociais (sabendo que nunca perdemos apenas um instante) e a fazer mil coisas que não faríamos se não estivessemos em casa e que no final do dia tirou-nos muito tempo útil para realmente produzirmos trabalho!

Eu sofri disso (tenho dias em que ainda sofro), cheguei a perder horas a fazer coisas que não eram prioridade, apenas porque pensava que tinha todo o dia para poder trabalhar e, quando dava pelo tempo, lá tinha ido uma manhã ou uma tarde. Tive que me disciplinar e impor algumas regras. Deixo aqui 5 dicas que resultam comigo e que podem também resultar convosco. E são tão válidas para quem trabalha em casa, por conta própria ou até mesmo para quem trabalhe para uma empresa num escritório.

1# Manter Horários

Mesmo que trabalhemos em casa devemos sempre começar e terminar o dia de trabalho à mesma hora. Isto acaba por nos indicar que, naquele espaço de tempo, o nosso trabalho planeado para aquele dia tem que estar feito. E sempre com a confiança que vai ser um dia produtivo, acreditem que a nossa mente tem uma força poderosa e que se a usarmos da forma certa a coisa até resulta!

2# Fazer uma lista de prioridades

É fundamental haver uma lista de prioridades para cada dia. Mas façam uma lista realista, ou seja, mais vale fazer uma lista com 5 itens, no final conseguirem cumprir todos e ainda terem tempo para acrescentar mais alguma coisa, do que fazer uma lista com 10 ou 20 itens, não conseguir realizar todos e ainda ficarmos com aquela sensação de que falhámos o nosso objetivo.

3# Estipular um horário para ver e-mails

Os e-mails são uma distração. Então quando estamos à espera daquele e-mail importante, acabamos por estar mais atentos e isso retira-nos tempo. Porquê? Porque se estivermos sempre atentos à caixa de e-mail, acabamos por receber outros e-mails, que podem não ser tão urgentes, e vamos acabar por parar o que estamos a fazer para poder responder ou até começar a tratar de outro assunto pelo meio. Isto dispersa a nossa atenção e faz com que fiquemos com mais itens da nossa lista de atividades pendentes. Tentem que nada vos interrompa ou interfira com a tarefa que começaram a desempenhar. Se estipularem um horário para poderem consultar e responder a e-mails, não só acabam por ficar mais focados no que estão a fazer, como as pessoas que vos enviam os e-mails acabam por se habituar a que vocês só respondam naquela janela de tempo. Acabando esse tempo, voltem às vossas tarefas da lista de prioridades.

4# Fazer pausas

As pausas são tão importantes como o tempo que estão a trabalhar. São elas que nos permitem ganhar novo fôlego para passarmos à tarefa seguinte. Façam uma pausa a meio da manhã, outra para almoço e a última a meio da tarde. Nesse espaço de tempo preparem a vossa refeição, leiam um pouco, ouçam música, dêem um olhinho às redes sociais ou simplesmente descansem! A ideia é que não sejam pausas muito longas mas que as apreciem sem pensar no trabalho.

5# Manter o foco

Sempre que sentirem que se estão a distrair com alguma coisa, seja o que for, pensem o seguinte: Isto é importante? Vai-me fazer chegar ao meu objetivo de hoje? Se a resposta for não, então voltem a concentrar-se no trabalho.

Tentem também que a vossa zona de trabalho seja um espaço onde se sintam bem, onde todos os dias se sintam inspirados para trabalhar. Tem que estar sempre arrumada e organizada (para estar sempre tudo à mão), com o mínimo possível mas com o essencial.

Estas são algumas inspirações de zonas de trabalho que podem criar em casa.

Mood1Mood3Mood4Imagens retiradas do Pinterest

Há por aqui alguém que trabalhe em casa? Querem partilhar quais são as vossas “regras” ou dicas de como conseguir rentabilizar o vosso tempo?

 

    1 comentário

  1. mariana cruz Abril 18, 2018 at 16:20 Responder

    Olá, já trabalho em casa há cerca de 14 anos e o primeiro ano foi o mais difícil, mas lá consegui manter os horário e as rotinas, ir ao ginásio à hora de almoço obriga-me a manter mesmo as horas marcadas de tudo! O espaço de trabalho tornou-se um “canto” onde estou com gosto e onde me sinto bem.

Deixar comentário




vinte + 12 =